Compartilhe:

Postado Por : LUCIANO SILVA 2 de abr de 2016


Há Doze anos (12) Fã Clube Amigo Forte


 Amado batista sempre foi considerado um cantor de música brega, apesar do mesmo não gostar de ser taxado desta forma, mas, o certo é que ainda hoje continua assim, imaginem há 20 anos atrás! Este rótulo ainda era muito mais forte! Nem todas as pessoas tinham coragem de ouvir este tipo de música publicamente, pois podiam ser chamadas de “cafona”, ou seja, de mau gosto. No entanto a população mais humilde, sempre ouvia muito as músicas de Amado, principalmente aquelas que viviam no campo, pois as letras simples e apaixonadas das músicas, falavam da realidade destas pessoas. As Lojas Micucci, com matriz em Miguel Calmon-Ba, sempre deu oportunidade de trabalho, a jovens que vinham do interior do município em busca de estudar e trabalhar na sede, assim aconteceu em 1995 com o jovem Otonivaldo Souza (Mantena) que saiu da localidade de Assa Peixe onde morava para Miguel Calmon, começando a trabalhar no Grupo Micucci, assim como ele Janilton Pereira (Chaba), Edson Nascimento (Didi), Jaime Timóteo (Zé do Píu), Heraldo ferreira, Joelson, Flávio Eligio e outros... O jovem Vicente Micucci Júnior (Micuccinho) sempre esteve muito próximo de seus funcionários e assim nos momentos de folga convidava seus colegas para beber cerveja e ouvir músicas sempre em algum bar com o som do carro ligado. Naquele tempo ainda não se ouvia Amado Batista tão frequentemente, até que em um determinado dia, Vicente colocou uma fita de Amada Batista, e na verdade, a partir daquele momento começou tudo, porque muitos dos que sempre se reuniam gostavam das músicas de Amado mais se sentiam envergonhado de pedir para tocar. Naquele dia, Otonivaldo que era “apaixonado” por Amado, falou para Micuccinho: “rapaz tu também gosta das músicas de Amado? eu nunca pedi pra botar, porque achava que só eu gostava e tinha vergonha!”. A partir daquele momento percebeu-se que assim como ele, os outros tinham o mesmo gosto e pensamento. Com o tempo ouvir Amado em nossos encontros tornou-se rotina e em muitos destes encontros, só se ouvia músicas de Amado! Assim se formou inicialmente o Grupo Amigo Forte, o nome foi idealizado por Micuccinho após muitas análises para encontrar um nome que traduzisse realmente o significado do grupo e assim aconteceu quando se denominou Grupo Amigo Forte, título de uma música de Amado do CD de 1996. Formamos um grupo de amigos que passou a ser referência quando o assunto era Amado Batista, resgatamos o prazer de ouvir sem fica com vergonha as músicas de Amado em qualquer lugar inclusive fora de nosso município. Temos o prazer de ter sido os precursores em fazer com as pessoas que gostavam de ouvir as músicas de Amado, não tivesse mais preconceito de ouvi-la, a onde quer que fosse o local, e mostramos principalmente as pessoas de classe econômica mais elevada, que não era mau gosto ouvir Amado Batista. Com isso ouvir Amado batista em Miguel Calmon tornou-se moda! Assim o Grupo Amigo Forte deixou este legado que foi importantíssimo para a história deste grande artista em nosso município. No entanto o objetivo maior do Grupo Amigo Forte sempre foi, estreitar as amizades sinceras através de um prazer comum a todos que era, e continua sendo, ouvir as inigualáveis músicas do nosso Amado Batista. Nosso grupo sempre se reunia para ouvir as musicas de Amado, normalmente em algum bar da cidade, era normal ficarmos 5,6 ou 7 horas ouvindo as músicas o que terminava perturbando os residentes próximos dos bares onde estávamos, e sempre a polícia era chamada, para pedir para baixar ou desligar o som! Portanto começou a surgir à ideia de fazer o 1º encontro do Grupo Amigo Forte, seria em um lugar reservado para ouvir, todas as músicas de Amado Batista. Estão no dia 26/03/2004 aconteceu no sítio do Magrão no povoado do Jenipapo, 1º Encontro Calmonense dos fãs de Amado Batista. Neste 1ª Encontro ouvimos todas as músicas de Amado, lançadas de 1977 a 2004 sem intervalo e sem repetir nenhuma música, começamos 21:00hs do dia 26/03/2004 e paramos 10:00hs do outro dia seguinte, totalizando 13 horas ouvidas de músicas ininterruptas de Amado. Foi inesquecível aquele dia, muita cerveja, brincadeiras, churrasco, cantorias... Participaram do 1º encontro dos fãs de Amado Batista de Miguel Calmon-Ba. Os Seguintes componentes:André Souza, Valentin Oliveira, Paulo Leal, Cleiton (veio), Joelson (Jordi), Magno, Fumaça, Catuaba, Janilton Pereira (Chaba), Edson Nascimento (Didi), Anacleto (Queinho), Flávio Elígio, Euler Luiz (Mineirinho), Luciano Anjos, Vicente Micucci Junior (Micuccinho). 

Veja imagens desses encontros do Fã Clube Amigo Forte.












Deixe um Comentario

Receba nossos post por Email | Receba nossos Comentários

Deixe seu Recado!

Total de visualizações

Mais Lidos

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Amado Batista Club -- Traduzido Por: Jaquisson da Cruz