Compartilhe:

Postado Por : LUCIANO SILVA 17 de ago de 2016


Ilustre Anônimo

 Ninguém sabia quem era aquele tal de Amado Batista, afinal, o disco tinha somente uma capa azul com seu o seu nome. Mas as pessoas faziam filas enormes para comprar o disco do momento, contendo a canção "Desisto". Amado chegou perto de alcançar a marca de vendagem do rei Roberto Carlos.

 Enquanto isso, Amado continuava feliz da vida, a vender discos em suas lojas. Agora, ele vendia os próprios vinis.

 Estava ele diante de milhares de pessoas à procura de sua canção, de seu disco. O seu olhar perplexo com tamanho sucesso não poderia imaginar que estava prestes a viver o seu sonho e as pessoas na fila mal sabiam que aquele humilde vendedor da RC7 era o cantor da música que elas tanto procuravam.

 Otimista como poucos, Amado tinha certeza de que um dia seria tão famoso quanto sua música.

 - Eu ficava todo feliz da vida, rindo à toa, né?!
 - Conta ele gargalhando.
 Paralelamente ao sucesso de Amado, uma música da novela global Astro* também estourou.

 - Você deve conhecer - disse Amado.
Nessa hora, Amado cantarolou a música, mexendo a mão direita como se estivesse regendo uma orquestra: Parará, pararara...

 Com aquele alvoroço toda na loja, todo mundo querendo comprar o disco, um entra e sai sem tamanho, um de seus balconistas foi até Amado e perguntou:

 - Por que você não fala que é você?
O cantor, de prontidão, respondeu:
- Moço, no sucesso que tá, você acha que alguém vai acreditar que sou eu que canta essa música?
O balconista de de ombros e saiu. Foi atender mais pessoas que entravam na loja.

- Eu não aparecia na televisão, não aparecia em jornais, revistas, não mostrava a cara, ia adiantar?
 Ninguém ia acreditar, né?! - diverte-se Amado.

 Curiósidade: A novela brasileira "Astro", foi produzida e exibida pela Rede Globo entre 06 de dezembro de 1977 e 8 de julho de 1978, às 20 horas. Escrita por Janete Clair e dirigida por Daniel Filho e Gonzaga Blota, a novela consagrou a música instrumental "Loneliness", de Joe John Daniel, tema de Márcio Hayalla, personagem vivido por Tony Ramos na época. 

Continuaremos com a publicação do último capítulo Ilustre Anônimo. Continua...  

Já publicamos Amado Batista cantando Desisto na última publicação, agora veja Luciano Silva cantando Tarde Solitária, outra canção deste compacto simples.






Deixe um Comentario

Receba nossos post por Email | Receba nossos Comentários

Deixe seu Recado!

Total de visualizações

Mais Lidos

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Amado Batista Club -- Traduzido Por: Jaquisson da Cruz