Compartilhe:

Postado Por : LUCIANO SILVA 20 de mai de 2017


O programa Amado Batista Club, este ano caminha para o seu 9° ano de existência. Não perdendo a originalidade do Programa, o que fazemos sempre é resgatar artistas que fizeram sucessos e já partiram para um novo plano. Queríamos homenageá-lo em vida, mais mesmo assim não podemos esquecer nossa raiz e suas plantações e muitas colheitas de sucesso. Os cantores do Nordeste pra nós é quentão de muita alegria e orgulho.

Elino Julião da Silva completa exatamente hoje 11 anos de sua partida para o divino pai celeste.

O cantor do seridó da cidade de Timbaúba dos Batista, seridó do Rio Grande do Norte. Conhecido pela forte ligação à cultura da região.

Um de seus maiores sucesso era "Meu Cofrinho de Amor" e outras canções como: A festa do senhor São João, Cajueiro de Pirangi, Filho de Goiamum, Na Sombra do Juazeiro, Pedaço de Morena dentre outros sucessos.


Filho de Sebastião Pequeno, tocador de cavaquinho, Concertina e harpa. Foi menino butador d'água junto ao seu estimadíssimo jumentinho "Moleque", no sítio Tôco, onde cantarolava batendo numa lata as modinhas que aprendia na festa de SantAna em Caicó - RN. Na casa grande da fazenda, onde se reuniam os moradores da redondeza, Elino Julião fazia a alegria da rapazeada. 


Costumava sair da fazenda descalço e a pé, rompendo 18 km de caatinga para bater a famosa " peladinha " em frente à Igreja de Sant`Ana na cidade de Caicó e articular-se, claro, para cantar na sede do Caicó Esporte Clube, no domingo à tarde. Cantar para Elino, já era êxtase.


Nos anos 1950, destemidamente o garoto de 14 anos "pegou morcego" no caminhão de Artur Dias e veio para Natal, se escondeu no bairro das Quintas e logo garantiu seu espaço para cantar no Programa Domingo Alegre da Rádio Poti, junto ao radialista Genar Wanderley e no animado Forró da Coréia, onde hoje é o Estádio de futebol Machadão, forró esse que o inspirou a compor um dos seus grandes sucessos: "O forro da Coréia".

Menino esperto que trouxe no sangue as raízes do autêntico "forró pé de serra" do sertão nordestino, registrou e divulgou com originalidade e alegria a cultura e as tradições dos folguedos populares nordestinos por mais de de 4 décadas.

O nosso encontro é hoje às 18:00 horas com muito Amado, Carlos Alexandre e nosso homenageado, o filho de Timbaúba dos Batista, Seridó do Rio Grande do Norte.

Veja um pouco da sua trajetória no vídeo abaixo.
Texto: Amado Batista Club e Google.
Vídeo: Diogo Moreno. 







Deixe um Comentario

Receba nossos post por Email | Receba nossos Comentários

Deixe seu Recado!

Total de visualizações

Mais Lidos

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Amado Batista Club -- Traduzido Por: Jaquisson da Cruz